A retomada do mercado de filtros automotivos e industriais

Em 6 de fevereiro, foi sancionada a lei com regras sobre a quarentena e medidas contra o coronavírus, sendo o primeiro caso registrado no Brasil no dia 26 do mesmo mês, pelo Ministério da Saúde. Em 11 de março – mesmo dia no qual a Organização Mundial da Saúde decretou a pandemia mundial – o Distrito Federal foi a primeira unidade federativa a estabelecer medidas de isolamento social, seguido pelos Estados de São Paulo no dia 16, e Rio de Janeiro, no dia 17.

A Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – e as Revistas Meio Filtrante e TAE, uniram esforços e lançaram de forma pioneira em 31 de março no Canal TV Filtros no YouTube, o Programa Filtra Ação, que semanalmente recebe profissionais e traz conteúdos de interesse do mercado no formato online, por meio de lives.

A primeira edição abordou o papel do mercado de filtros no combate à COVID-19, buscando já traçar um panorama em meio a um cenário de grandes incertezas. Na sequência, o programa debateu o mercado de filtros automotivos, que já vislumbrava o aftermarket e as exportações, como as principais saídas para a retomada do setor. Em 16 de junho, o programa analisou o panorama da retomada do mercado de filtros industriais, sendo consenso entre os participantes ter sido o segmento menos afetado, diferentemente do setor automotivo, fortemente impactado pela parada da indústria automotiva.

Foram apontadas tendências de crescimento nos setores de agropecuária, mineração, produtos de higiene e limpeza; estabilização nos setores de alimentos e bebidas, farmacêutico e cosméticos; e queda em óleo e gás, construção, setor aeronáutico, entre outros. As linhas de filtros e insumos diretamente ligados aos segmentos hospitalares e respiradores, apresentaram um expressivo aumento na demanda em todo o mundo.

Já são cinco meses que o País convive com essa nova realidade que afetou a saúde e a economia globalmente. O momento é de aprendizado, inovação, criatividade e revisão de planejamentos. As indústrias trabalham com uma possível melhora a partir de setembro, sendo passível de mudança por não haver ainda, um cenário claro acerca dos reflexos da flexibilização da quarentena no País, que coincide com o período de inverno, marcado pelo aumento das doenças respiratórias. O fato é que direta ou indiretamente, os filtros são e continuarão sendo essenciais para a sociedade.

Fonte: https://www.meiofiltrante.com.br/

1 comentário em “A retomada do mercado de filtros automotivos e industriais”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =